19 junho 2012

Os 3 estágios da crise - Banco Central Mundial- David Icke



...eles dão muito crédito às pessoas que ficarão endividas para que muito dinheiro entre em circulação (com crédito as pessoas podem comprar, as industrias fabricar gerando empregos)...

...os critérios para crédito são propositalmente reduzidos para tirar o dinheiro de circulação (recessão)...(com menos crédito, as pessoas não compram, as fábricas não fabricam gerando desemprego e endividamento. 

...os bancos ficam com as casas, os carros, os bens das pessoas que não conseguirem continuar pagando os empréstimos devido a recessão. 

Se você não tiver uma enorme crise econômica global a qual você tenha de achar a "solução", não há maneira de que sejam capazes de persuadir as pessoas para reestruturar completamente as finanças globais em torno de um Banco Central Mundial.

Importante assistir o vídeo para compreender como e porquê acontecem as crises.







...Lindsey Williams também afirma o que já sabemos sobre guerras, conflitos e colapsos econômicos, são organizados de acordo com os planos da Elite que segue uma agenda para os acontecimentos. Em março ele afirmou novamente que a Elite está enrolando a crise desde setembro/outubro de 2011, o colapso ainda não aconteceu porque o plano é endividar todos os países do mundo, a Grécia é insignificante, paises endividados perdem a soberania, quando a Elite permitir que o colapso aconteça, todos os paises estarão afundados em dívidas, o que torna mais fácil a implementação de um governo mundial.

Ele também disse que abril, maio e junho, a crise ficaria no chove não molha e  para ninguém ficar de olho na bolsas porque isso não quer dizer nada, o que está em jogo são os derivativos...

Ravena

22 comentários:

  1. Vamos ter Copa do Mundo e Olimpíadas. Tudo muito bonito, mas depois nos brasileiros teremos que continuar a pagar a conta destes eventos. Mas como se o povo ta todo endividado em 2012.Ahh podemos internacionalizar a Amazônia e os Índios pelo perdão da divida. Talvez seja isso o objetivo obscuro da Rio+20.

    ResponderExcluir
  2. Ravena,
    As informações contidas nas entrevistas do David Icke e de Lindsey Williams são reais, pois o que se observa, hj, é um cenário de endividamento insustentável aliada a uma especulação monstruosa promovida pelos players do mercado.
    Só de derivativos, os quais são apenas apostas de cenários para determinados ativos, temos cerca de 700 trilhões (fonte: BIS) a 1.4 quatrilhoes de dólares (estimativa do mercado). Isso representa algo em torno de 12 a 24 vezes o PIB mundial, impagável, portanto.
    Além disso, temos os países com dívidas sem possibilidade de adimplemento com seus cidadãos enforcados em crediários ilusórios, os quais, no final, levarão a uma massiva onda de calotes.
    Para se ter uma idéia a inadimplência no Brasil com crediários de carros chega a 13%, de cartões de crédito 27% para dívidas com atraso superior a 90 dias (fonte: Brazilian Bubble.com) e nos prazos menores alcança 38,8%.
    A tendência é de aumento da inadimplência em todos os setores, pois a economia mundial não consegue mais absorver débitos e convertê-los em crescimento (diminuição da produtividade marginal do débito).
    Assim, como o capital é baseado no débito, a a inadimplência significa a destruição do capital, uma vez que este se origina daquele.
    É por isso que se fala tanto em Banco Central Mundial. Mais cedo ou mais tarde, devido a desalavancagem descontrolada haverá a destruição imprevisível de capital, apesar do aumento da impressão de moeda. A impressão de moeda não conseguirá provavelmente, compensar a desalavancagem.,
    É o que Marx já previa: O Capitalismo será destruído por autofagia.
    Este será possivelmente o maior evento dos tempos modernos: A grande farsa será substituída por uma farsa maior sob o título de Nova Ordem Mundial e Banco Central Mundial.
    É uma pena que a maioria ignora a evolução desta etapa final da maior concentração de riqueza de todos os tempos.
    Em resumo: as pessoas nunca se sentirão tão pobres e desesperadas como dentro em breve acontecerá, esta psique é que permitirá à elite consolidar sua agenda.
    Na verdade, o plano é bem simples, segue o modelo: Problema - Reação - Solução.
    Um abraço.
    Marcelo.

    ResponderExcluir
  3. Para os donos do mundo prosperidade é uma palavra maldita vao implodir os eua assim como fizeram com a alemanha essas criaturas nao permitem a real evolucao do homem agora lógico q isso é uma tomada de poder do bloco comunista desse planeta, q planejou o fim dos eua atravéz de seu candidato manchuriano Obama. é ver pra crer

    ResponderExcluir
  4. Boa noite.
    Tenho a convicção de que esta matéria vem corroborar meu comentário não técnico no post passado, onde a presidente Dilma diz que “não há luz no fim do túnel”.
    Quando digo que não há solução, não me refiro a não existirem outras melhores fórmulas e métodos para a economia, e sim que, enquanto esta elite que comanda ditando as regras e rumos para todo o planeta permanecer no comando, não se consegue implantá-las. Mais claro do que fui no comentário anterior é impossível, mas entendê-lo parece que vai além da capacidade tecnocrata.
    Só mesmo sendo muito inocente e ingênuo para acreditar que é possível mudar a atual situação global.
    Não é minha a obrigação de entender de economia pois não me formei nisto, e sim em química. Quem entende de economia é quem deve ser cobrado, portanto, ponha em prática os conhecimentos e solucione o problema.

    Resposta para um anônimo que não se identifica:
    O Sr. Robledo trabalha na iniciativa privada e sendo proprietário de empresa a mais de 25 anos no mercado, e que vai muito bem, obrigado, vendendo amidos modificados para as indústrias de papel e papelão, desenvolvendo formulações diversas, com aplicação e suporte técnico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Robledo,

      Nenhum Anônimo fez referência a você neste post, não faça dos comentários um espaço para um ringue de egos, porque se isso continuar não publicarei mais os comentários.

      Obrigada.

      Excluir
  5. Que tenso eles dão pradepois tirar e aí eles que já eram ricos ficam mais ricos e os pobres mais pobres! Quero entender mais de economia, muito legal Ravena!

    ResponderExcluir
  6. Ilham disse : sinceramente, acreditar que a explosão dos USA seja coisa do comunismo é não refletir sobre o comportamento dos americanos desde que de treze colônias se transformaram em país independente. Como gafanhotos se lançaram sobre os índios matando tribos inteiras porque era seu " destino manifesto" conquistar o Oeste. Nem é bom falar de como procederam nas Filipinas e no próprio Havaí ( que eu saiba Marx e Lenin não tiveram nada a ver com isso). No século XX as atrocidades que cometeram no Vietnã foram inimagináveis. Também não é nada agradável lembrar o entusiástico apoio que prestaram aos sanguinários ditadores latino-americanos. Se os USA explodirem não acho que haja nada a lamentar. Quem procura acha. Eu que acredito em energia, penso que o imenso sofrimento que ao longo de séculos a arrogância deste povo causou a tantos milhões de pessoas deve ter criado uma força poderosa que acabará por destruir o famigerado país. O comunismo não tem nada a ver com isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro colega os americanos sao um povo maravilhoso assim como os brasileiros os argentinos e tibetanos quem realizou a matanca dos indios e outras atrocidades foi a estrutura de poder superior q controlam as massas, o povo americano nao é arrogante e sim os poderosos q controlam o pais, devemos rezar pelo povo daquele pais para q resistao a essa loucura ou vc acha q nós brasileiros iremos resistir a nova ordem mundial sozinhos. Um adendo o campeao de genocidios neste mundo foi stalin e nao hitler lógico q ohitler é um fdp mas é só para ilustrar q o negócio é sinistro. Lembrem-se quem ordena essas atrocidades é quem nunca pegou num fuzil e c senta bem longe dos conflitos, quem executa é o povo q tem um poder de autocritica digno de uma lavagem cerbral. Iham ta apontando os canhoes para o lugar errado amigo.

      Excluir
  7. quem disse q vai ter copa e olimpiadas aqui. esas olimpiadas de londres sao o ultimo evento antes da III Guerra Mundial, e com isso todos os eventos serão cancelados.

    ResponderExcluir
  8. Ravena, deslcupe-me ... Mas queria deixar claro para ti que não falei nada contra a pessoa do Sr. Aldo Luiz e nem sobre o seu comentário. Citei o termo “nazi sionista” no meu coment referindo-me ao anônimo que estava se apegando em coisas pequenas, luz no final do túnel, nazi sionista e que em momento algum critiquei-o... E ao Anônimo Da Periquita peço desculpas por tê-lo confundido com o outro anônimo por postar o comentário que de fato não se dirigia a ele. Não percebi que ele se identificava no final. Afinal, são tantos anônimos que acabei me confundindo.
    Bom, isto não justifica meu comportamento em seu blog diante de todos os participantes, principalmente aos educados, e peço desculpas. Não consegui me segurar diante de tamanha arrogância e falta de educação do anônimo que começou disparando sua metralhadora e se usando de termos agressivos e mal educados contra o Sr. Aldo, o Sr. Montenegro e depois contra minha pessoa, inclusive usando-se de palavras que em seu contexto normal não carregam o peso ofensivo como no sentido pejorativo, como ficou claro que foi. Se se atentar nos comentários passados, verás que em momento algum critiquei o Sr. Aldo Luiz como ele afirma, e sim presumo ser o contrário devido ao tipo de argumentos usados e forma de expor sua resposta serem muito indênticos aos demais coments do próprio.

    Se achar que deves ou não publicar, fique a vontade. Eu só quero me desculpar e esclarecer.

    Grato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pô qualé Robledo!? Tomei um tremendo dum tapa na cara da dona encrenca. Ela leu os comentários do blog e pensou que andava de semvergonhice poraí. Queria saber que tipinhos de livros eram aqueles que você me mandou empilhar pra subir. Tentei argumentar que não era pra mim, que era pra um eletricista, que ela tá farta de saber que sou taxista. Seguiu o teu conselho. Cobrou um pedido de desculpas, não entendi patavinas e me desceu o cacête. Manera aí meu bom Robledo. Deixa o eletricista curtir o Keynes dele.

      Maracujina meu amigo.
      Da Periquita.

      Excluir
    2. Desculpe-me Walner, Não foi dirigido à você o comentário. Como seu coments estava como anônimo na ocasião e não havia percebido que se identificara no final do comentário como Da periquita, acabei postando para a pessoa errada.

      Excluir
    3. Tudo bem, já pus um bife no olho rôxo.

      Fica na paz.
      Walner.

      Excluir
    4. Se ti mandar uns band aid's e umas bandagens ajuda? rsrs
      Sabe, por isso que não caso... Sai muito caro usar band aids e bandagens todos os dias, sem contar o gesso...
      rsrs
      Valeu Walner, fica na paz também

      Excluir
    5. Robledo,

      Fique na paz, o importante é reconhecer quando exageramos ou de alguma forma transferimos nosso desequilíbrio de forma inadequada a outros...

      Foi a primeira vez que tive que "puxar sua orelha" e você mostrou humildade em reconhecer o exagero, isso é que importa, agora é seguir em frente.

      Abraço

      Excluir
    6. Valeu Ravena, vamos nesta, pois temos uma jornada muito difícil pela frente.
      Fica na paz.
      Abraço

      Excluir
  9. Aqui todo mundo é irmao tchurma.

    ResponderExcluir
  10. O Objetivo real e não tão obscuro da Rio+20: Após causar crise econômica, setor financeiro abre portas para "capital natural" --> http://ianoticia.blogspot.com/2012/06/apos-causar-crise-economica-setor.html .Daqui um tempo a Amazônia e avaliada por um preço x. Depois pode ser usada como empréstimo bancário.

    ResponderExcluir
  11. Caramba, fui procurar nos posts anteriores o que possa ter originado discussões. Feia a coisa ein?
    Mas gostei da postura do Robledo vir a público se desculpar. Legal a atitude. Afinal acompanho sempre este blog e outros como o do Rodrigo e sempre leio os comentários e nunca vi ele participar de discussões ou atacar e denegrir alguém.
    Como diz o anônimo acima, somos todos irmãos e estamos no mesmo titanic. Temos que nos ajudar ao invés de procurarmos a desunião.
    Sobre a matéria em si, concordo que juntos poderíamos mudar alguma coisa, mas não apenas o pessoal que frequenta os blogs, as pessoas de bem, economistas, entre muitos outros. Mas concordo também com o argumento citado pelo Robledo e tantos outros, inclusive a Ravena que enquanto esta elite permanecer no controle de tudo fica impossível implantar e implementar novas ferramentas e sistemas de gerenciamento da economia porque não faz parte da agenda. Por mais que queiramos mudar algo, não será lá encima que vamos conseguir e sim em cada um de nós, em nossas atitudes, em nossos caminhos escolhidos. A mudança começa no nível individual e posteriormente no coletivo, caso contrário, nada se consegue.
    Tomara que aquele mariner esteja certo sobre o estreitamento do tempo que o cubo amarelo e o espelho mágico (looking glass) aponta. Game Over.
    Se bem que fico meio reticente quanto a estes assuntos tão fora do normal.
    Abraço

    ResponderExcluir
  12. Gostei de todos vcs! Vcs tem algum fórum de debate? Há uma turma muito boa e esclarecida neste site. Valeu!

    ResponderExcluir
  13. "[...] O controle das nações será assegurado pela criação de gigantescos monopólios privados que serão os depositários de imensas riquezas do qual dependerão até os gojim (não judeus). [...]
    [...] É assim que, no dia seguinte a uma catástrofe política, verá seu aniquilamento ao mesmo tempo que o do crédito concedido aos Estados. [...]
    [...] crises econômicas atingirão os Estados inimigos, subtraindo-lhes o dinheiro colocado em circulação. Acumulando grandes capitais privados que são assim subtraídos ao Estado; este último será obrigado a dirigir-se a nós para pedir empréstimo desses mesmos capitais. Esses empréstimos concedidos com juros serão uma carga para os Estados, que se tornarão escravos, sem vontade própria. Eles dirigir-se-ão aos nossos banqueiros para pedir-lhes esmola ao invés de exigir impostos do povo. Os empréstimos estrangeiros são como sanguessugas, não há nenhuma possibilidade de tirá-los do corpo do Estado, pois essas dívidas só poderão se desgarrar por si mesmas ou serem rejeitadas pelo Estado.
    Entretanto, os Estados gojim não os rejeitarão, eles farão sempre mais outras, o que os levará a um fim inexorável.
    As dívidas de Estado tornarão os homens de Estado corruptíveis, o que os deixará cada vez mais à nossa mercê. [...]" - (Os Protocolos dos Porcos de Sião)

    Richard

    ResponderExcluir

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".