11 junho 2012

Analisando a Anomalia do Mar Báltico e Vídeo do Terceiro Milênio


O texto abaixo foi feito pelo Guevara do blog Caminha Alternativo, também estou acompanhando o desenrolar dessa descoberta no Mar Báltico e esse texto explica muito bem porque a descoberta é tão impressionante e os comentários sempre sensatos do Guevara valem a leitura. 

Ravena

 Analisando a Anomalia do Mar Báltico

Acabei de assistir o vídeo do programa mexicano Tercer Milênio sobre a Anomalia do Mar Báltico e vou postar aqui imagens do vídeo para que o leitor possa compreender o que foi encontrado no fundo do mar.

Para começar, o objeto foi encontrado pela equipe de exploradores submarinos Ocean Explorer em juho de 2011. Um ano depois, Maio/Junho de 2012,  a equipe volta ao local para tomar imagens do objeto que possui por volta de 60 metros de diâmetro. Caberia dentro desta área um Boeing 747.

O que os exploradores sabem é que se trata de “algo artificial“  e que caiu do céu. E como chegaram a esta conclusão?

Veja esta imagem:

      O rastro deixado pelo objeto ao cair.

Note a marca deixada no leito do oceano pelo objeto. E é este enorme rastro que fez a equipe concluir que o que está no fundo do mar não é uma construção nem pedras. A pergunta é:

- Como um objeto caido do céu poderia deixar uma marca dessa e a água não encobri-la com o passar do tempo?

Resposta: Esse rastro não poderia estar lá, a água iria desfazer esse rastro. Conclusão, o objeto caiu muito antes de que existisse água naquela região.

Se esse objeto caiu antes de existir mar nesse local, então estamos falando de que época? A queda ocorreu então há milhares de anos, ou talvez, milhões de anos? Pois assim parece.

A equipe não só detectou em seu sonar esta primeira estrutura como também uma outra a 200 metros de distância da primeira:

    Segundo objeto encontrado a 200 metros de distância do primeiro, apresentando o rastro do impacto.

E este segundo objeto possui, atenção! 180 metros de comprimento! Portanto, temos uma estrutura “circular” de aproximadamente 60 metros e mais uma outra de uns 180 metros de comprimento, some as duas medidas e teremos algo em torno de 240 metros de comprimento de ponta a ponta.

A conclusão deles é que esta segunda estrutura é parte da primeira e que foi separada durante a queda, impactou, quebrou e se assentou em terra seca. O tempo passou e a marca permaneceu.

    As duas partes de um mesmo objeto que provávelmente explodiu, se separou no ar e cada parte       impactou em terra seca.


    Quando os rastros são alinhados se percebe que ambos objetos vieram de um mesmo ponto.

Curiosamente, o vídeo mostra o trailer de um filme chamado Sphere, de 1998, que narra a história do descobrimento de uma nave alienígena no Oceano Pacífico por uma equipe da inteligência dos EUA.

                                   Filme Sphere, de 1998.

Como muitos devem saber, o establishment costuma usar a industria do cinema para entreter e desinformar as massas. Toda a nossa cultura e costumes atuais são aprendidos através da mídia, este é um dos meios principais que usam para que as massas pensem e se comportem como eles desejam.

Tendo isto em conta, devemos nos perguntar, por que nos últimos anos tivemos tantos filmes sobre invasões extraterrestres(sem falar nos de pandemias e desastres naturais)?

Pelo que parece, usaram o cinema para direcionar o pensamento dos humanos no sentido de que alienígenas são maus, querem roubar nossos recursos e destruir a nossa espécie. Características muito mais próximas aos humanos do que extraterrestres.

Todas as imagens postadas foram retiradas do vídeo, consequentemente, foram fornecidas pela Ocean Explorer. Portanto o que temos até o momento fornecido por eles nos diz que:

O objeto se partiu durante a queda, dividindo-se em dois   pedaços.
O objeto impactou numa área onde há muitos séculos, ou  milênios não existia mar.
O objeto possui uma parte circular e outra não.
O objeto é artificial.

Estes indícios indicam que a Ocean Explorer só poderá divulgar algo que não seja pedra, nem barco e nem formação natural, caso contrário eles não teriam ficado “assombrados” com o que viram, conforme postado em artigo anterior.

Vídeo do programa Tercer Milênio:


Aproveito para avisar que circula no Facebook da Ocean Explorer um anúncio sobre divulgação de imagens do objeto, dizem que será hoje 11/06/2012.

Pois é, se isto ocorrer, será mais um dia 11 que poderá mudar o rumo da humanidade, ou tudo pode terminar no maior fiasco criado por um grupo de exploradores de barcos afundados. Caso anunciem que se trata de um barco ou formação natural, invalidará todo o material que eles mesmos divulgaram na mídia e então centenas de pessoas se perguntarão o porquê de apresentarem os indícios acima citados.

Vale ressaltar que nao são apenas os blogueiros que estão acompanhando o caso, a mídia corporativa também está dando cobertura.




Vamos acompanhar a divulgação da Ocean Explorer para ver se tudo não passa de marketing pessoal ou se há algo maior por trás disso.

13 comentários:

  1. Muito bom Ravena! Vamos acompanhar, espero apenas que a verdade seja dita, seja ela qual for. Muito obrigado pelas informações.

    ResponderExcluir
  2. Olá Ravena,boa noite!

    Olha, não sei se disse alguma vez aqui mas sou mergulhador, tenho brevet internacional e posso mergulhar em qualquer lugar do planeta.Desde os meus 28 anos faço parte de um grupo aqui em Natal-RN que pesquisa naufrágios, temos detectores de metais sub-aquáticos e já encontramos muitas coisas por aqui, coisas até que não podem ser reveladas por que senão ''o dono'' do continente vem e toma.

    Depois dessa breve introdução quero dizer a todos que conheço profundamente o funcionamento de side scan sonar, magnetômetros, detectores de metais, sonares com dopller e digo a vocês com toda certeza A IMAGEM DE UM SIDE SCAN SONAR para 60 metros de profundidade é perfeita, pode-se com facilidade identificar detalhes de um naufrágio, então para um objeto desse tamanho nem se conta. Para você ter uma ideia do poder de detecção de um side scan sonar ele pode detectar UMA LATA DE CERVEJA A 3KM DE DISTÂNCIA NO MAR, isso te mostra que 60 metros para esse equipamento não É NADA.

    O limite de profundidade ''com segurança'' que um mergulhador pode ir ((sem mistura de gases)) é de até 60 metros, caso seja meio dia quando ele chegar aos 60 metros de profundidade será um final de tarde,''entendam que vai descendo e vai escurecendo'' nessa mesma média de profundidade já não enxergamos as cores, mas uma descoberta dessa para um objeto desse tamanho um mergulhador poderia facilmente descer a 40 metros de profundidade e verificar do que se trata, caso fosse algo extraordinário.

    O que quero dizer no final é que a Ocean Explorer já tem CERTEZA absoluta do que se trata, não divulgou ''ainda'' por que sabemos o motivo.

    O side Scan Sonar foi adaptado para a procura de objetos no mar a partir de aparelhos de ultrassonografia é o mesmo principio, uma onda sonora é enviada, e se reflete em algum objeto sólido, a reflexão é interpretada pelo receptor do side scan Sonar e transformada em imagem.

    É isso, vamos aguradar mais detalhes...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada meu querido!
      Isso só confirma minhas suspeitas, eles já sabem o que existe ali e o que é o objeto, se vão nos contar a verdade ou pelo menos parte dela, se for permitido, é outra história...Vamos aguardar...

      Valeu, abração

      Excluir
    2. Interessante mas agora fica a duvida do porque entao as marcas de trajeto apareceram no sonar ja que ele funciona dessa forma....

      Excluir
    3. A profundidade não é de 60 metros, o objeto que tem o diametro de 60 metros.

      Excluir
  3. ravena bom dia,isso esta me parecendo uma fraude,quem ja leu o livro ponto de impacto sabe do que estou falando,eles inventao uma falsa verdade para obter poder e soberania sobre a populaçao, isso e so o começo do que esta por vir.

    ResponderExcluir
  4. É verdade, me confundi com a profundidade e o tamanho do objeto, a profundidade é de 300 metros em média, mas mesmo assim é uma tarefa fácil para um side scan sonar.

    Quanto ao sonar mostrar as marcas do trajeto entenda que a reflexão do sonar na parte de cima da ''parede'' chega primeiro ao receptor do sonar do que a parte refletida de baixo da ''parede'' (rastro), então dessa forma o sonar consegue fazer as imagens com facilidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Roberto21 ! vc poderia dizer algo sobre essas "coisas até que não podem ser reveladas" ? fiquei curioso ! obrigado!

      Carlos

      Excluir
    2. posso dizer que tb fiquei curiosa, assim como muitos, carlos não é o único...rsrs

      Excluir
  5. já pensei na hora é que.... se a mídia(que é controlada) de lá ta dando tanta importância a isso, pode ter certeza que tem algo por trás. Há tantas possibilidades do que se pode ser, e na minha cabeça tá se passando muitas. Agora não é só ficar atento a isso, mas em outras coisas tb que eles podem estar tentando tirar foco, ou preparando a população pra alguma coisa, muitas coisas podem ser, bem só aguardar.

    ResponderExcluir
  6. so saberemos destas e outras verdades quando o cristianismo que nos deixa parados no tempo desaparecer.caso contrario mais de 50% do mundo ainda acreditara que somos a unica criação de deus.

    ResponderExcluir
  7. Pra mim, isto é tudo planejado, eles não 'bateram na loteria' e acharam este objeto por pura sorte. O local foi indicado pelos grandões, imaginem a intenção...

    ResponderExcluir
  8. Andei lendo os posts do ocean explorer e a parada é quente eles detectaram radiacao 6 vezes acima do normal a uma distancia de 3 kilometros do objeto

    ResponderExcluir

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".